quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Anuário Brasileiro de Proteção 2016

Acesso ampliado

Ao completar 21 anos, o Anuário Bra­sileiro de Proteção entrou exclusivamente para o mundo digital podendo desta forma proporcionar maior agilidade aos profis­sionais e empresas que desejam saber mais sobre a realidade acidentária no Brasil e também em nível internacional. A partir de agora, a publicação, que nasceu em 1995, migra do meio impresso para o virtual.

O conteúdo traz dados estatísticos nacionais, regionais e estaduais de acidentes e doenças do trabalho com base no levantamento do atual Ministério do Trabalho e Previdência Social para o AEPS 2014 (Anuário Estatístico de Previdência Social). Além de reproduzir os números do AEPS, trazemos um levantamento histórico dos diversos tipos de acidentes bem como o mesmo dado considerando a população empregada em cada região, estado ou setor de atividade econômica.

Estatísticas acidentárias da Organização Internacional do Trabalho, de 208 países também estão incluídas, inclusive com um ranking que permite identificar a posição dos países em acidentes e mortes ocorridas no trabalho nestas federações.

Outra importante fonte de informação ao leitor que integra a publicação é a Pesquisa Nacional sobre Saúde e Segurança do Trabalho, que este ano chega a sua 20ª edição. O levantamento, feito pela Proteção, traz a avaliação do setor na opinião dos profissionais da área e serve como um balizador sobre o que eles pensam a respeito da prevenção no cenário nacional.
Com a maior circulação da história do setor prevencionista, a expectativa é de que esta edição do Anuário alcance mais de 100 mil profissionais. 

Boa consulta!

* A edição completa do Anuário Brasileiro de Proteção 2016 pode ser adquirida em formato digital na Loja Virtual Proteção, acesse.

Confira as seções do Anuário Brasileiro de Proteção 2016:

Pesquisa de SST
Profissionais opinam

A 20ª Pesquisa Nacional sobre Saúde e Segurança do Trabalho ouviu 822 profissionais da área para saber como avaliam a atividade, a preocupação das empresas e a atuação dos órgãos competentes em relação à prevenção. Confira também o perfil dos profissionais que participaram da pesquisa.

Brasil
Caem os acidentes

O Anuário Brasileiro de Proteção repercute  informações sobre acidentes de trabalho divulgados no AEPS 2014 fazendo relevantes projeções e análises históricas com base nas estatísticas acidentárias. Nas tabelas encontram-se dados diversos relacionados aos acidentes de trabalho registrados e liquidados por idade e por gênero; acidentes por partes do corpo, acidentes por ocupação, acidentes por setores de atividades, entre outros.

Regiões | Visão Regional
– Centro-Oeste
– Nordeste
– Norte
– Sudeste
– Sul

Mundo
Panorama mundial

Com base nos dados divulgados pela Organização Internacional do Trabalho trazemos os números de mortes e acidentes relacionados ao trabalho dos 208 países com a maior quantidade de trabalhadores.

Artigos relacionados

Anuário Brasileiro de Proteção 2017

Consulta indispensávelA 22ª edição do Anuário Brasileiro de Proteção, única publicação nacional do gênero, atualiza informações sobre o cenário brasileiro de Saúde e Segurança...

Regulamento 3

PRÊMIO PROTEÇÃO PESQUISA EM SST 2020R e g u l a m e n t o_________________________________________________________1. OBJETIVOSO Prêmio Proteção Pesquisa em SST visa reconhecer...

Conheça o Prêmio Proteção Brasil Pesquisa

O Prêmio Proteção Pesquisa em SST é uma iniciativa da Revista Proteção que visa reconhecer a contribuição de estudantes para a melhoria do ambiente...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui