Delta Plus - Diamonddv - banner 01 - Agosto
P Assinatura Proteção digital banner 1
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos 2018 - Banner 5


Você está em: Noticias / Leia na Edição do Mês
Leia na Edição do Mês
Incansável, auditora fiscal dedica-se há mais de três décadas ao combate dos trabalhos infantil e escravo

Stuart Costa
Data: 09/02/2018 / Fonte: Redação Revista Proteção/Martina Wartchow

Chefe da Divisão de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador da SIT (Secretaria de Inspeção do Trabalho) do Ministério do Trabalho desde outubro de 2016, a auditora fiscal Marinalva Cardoso Dantas, 63 anos, passou a maior parte de sua trajetória profissional em campo. Ela é pioneira e tem uma história de mais de três décadas de forte combate aos trabalhos infantil e escravo no Brasil. De uma família muito pobre e nascida em Campina Grande/PB, ela foi criada por tios em Natal/RN, onde, diferentemente de seus irmãos, teve uma infância digna e acesso aos estudos. Já naquela época, a vontade de lutar por melhores condições de vida para crianças e adolescentes aflorou. Formou-se, então, advogada e, após trabalhar alguns anos para o governo estadual, junto à Fundação do Bem-Estar do Menor, fez o concurso e se tornou auditora fiscal em 1984, atuando sediada no Rio Grande do Norte por muitos anos. Atualmente, reside em Brasília/DF.

Como uma das integrantes do Grupo Especial de Fiscalização Móvel de Combate ao Trabalho Escravo desde o início, em 1995, já ajudou a libertar mais de 53 mil escravos no país. Sua coragem e persistência são contadas, inclusive, no livro `A dama da liberdade’, do jornalista recifense Klester Cavalcanti, publicado pela editora Benvirá em 2015. Marinalva também é uma das 40 mulheres - uma das sete ainda vivas - destacadas no livro `Extraordinárias - Mulheres que revolucionaram o Brasil’, escrito por Aryane Cararo e Duda Porto de Souza e publicado em 2017 pela Companhia das Letras. Determinada e incansável, ela é otimista e acredita no fim dos trabalhos infantil e escravo no Brasil.

Como se tornou auditora fiscal do trabalho com ênfase no combate aos trabalhos infantil e escravo?
Trabalhei durante cinco anos como advogada, fazendo defesas jurídicas de crianças e adolescentes na Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Rio Grande do Norte). Cuidava de crianças e adolescentes vulneráveis, como abandonados, infratores, para adoção, abusados sexualmente. Na época, eu estava esperando meu segundo filho e sofrendo um forte assédio moral, pois as pessoas me diziam que, quando acabasse minha gestação, eu seria demitida após o período de estabilidade e ficaria anos desempregada. A possibilidade de ficar sem um salário para sustentar meus filhos me assustava muito, pelo fato de cuidar de tantas crianças com problemas. Então uma auditora me avisou que haveria concurso para auditor fiscal do Ministério do Trabalho e que os horários flexíveis (não fixos) de trabalho permitiriam, inclusive, que eu tivesse mais tempo para ficar com meus filhos. Achei uma boa ideia e comecei a estudar muito. Durante a minha licença maternidade, passei no concurso e, quando terminou a licença, comecei como AFT. Foi em 1984. Há 33 anos. Idade de Cristo. E 33 são 3 x 11. Uma infância dura 11 anos. Estou há três infâncias no Ministério do Trabalho e a minha luta principal é de combate ao trabalho infantil. Estou nessa luta desde que ela começou, desde que o Brasil assumiu que tinha 8 milhões de crianças sendo exploradas (em 1992) e ainda estou aqui, na reta final, trabalhando para que a gente consiga erradicar o trabalho infantil até 2025.

Confira a entrevista completa na edição de fevereiro da Revista Proteção.
Comentários
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Notícias relacionadas
Mais de Leia na Edição do Mês
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
Banner 06 - Conest - Agosto
Banner 06 - Saúde e Vida - Julho
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital