title='Clique aqui para ver mais sobre Fujiwara Banner 1 Dezembro'
Banner 1 Marluvas - Set/Dez
Promo Dezembro 2019 - Proteção
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos - Banner 5


Você está em: Noticias / Leia na Edição do Mês
Leia na Edição do Mês
Conhecer o tempo de parada do equipamento é fundamental para instalar uma cortina de luz

Beto Soares/Estúdio Boom
Data: 05/08/2016 / Fonte: Marcio Liron Damelio

Meus avós costumavam me contar que namoravam pelo buraco da fechadura. Essa era a distância que os pais deles, meus bisavós, consideravam como a de segurança. Mal podiam conversar e sempre na presença dos pais. Os tempos mudaram e a distância de segurança nos namoros mudou muito!

Outra distância de segurança que também mudou bastante é a (não) observada no trânsito. Parece que a vida estressada leva os motoristas a não deixarem uma distância adequada do veículo da frente. O resultado disso vem na forma de acidentes, por não haver tempo suficiente para frear o carro antes da colisão acontecer. Nas estradas, quando as velocidades são maiores, andar "colado" ao carro da frente contribui para que ocorram acidentes com consequências mais sérias.

Já ouvi dizer, e parece que esse pensamento não é tão incomum assim, que ser possível ver o pneu do carro da frente seria uma forma prática de manter-se a uma distância segura. Essa distância permitiria frear a tempo de parar o carro antes de acontecer uma colisão, o que tem alguma chance de ser verdade para um veículo bem leve, com bons freios, numa velocidade relativamente baixa. Caso contrário, a distância a ser observada tem que ser bem maior.

Também no mundo da segurança de máquinas, é fundamental observar-se a distância de segurança na instalação de dispositivos que visam levar à parada de um movimento perigoso.

Longe de ser uma exigência descabida, exagerada, como muitos acabam concluindo com relação a algumas diretrizes estabelecidas nas normas de segurança, as distâncias de segurança são extremamente importantes. Mas são frequentemente deixadas de lado.


Confira o artigo completo na edição de agosto da Revista Proteção.
Comentários
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Notícias relacionadas
Mais de Leia na Edição do Mês
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital