Banner_assinatura
Banner 01 - Marluvas - Março
Banner 01 - Vulcabras - Fevereiro
Banner 1 - LCS Informática
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias


Você está em: Noticias / Geral
Geral
OIT quer atingir meta de zero acidentes de trabalho
Data: 27/08/2014 / Fonte: Rádio ONU

A Organização Internacional do Trabalho, OIT, debate em congresso na Alemanha como reduzir o número de acidentes e doenças no local de trabalho que levam à morte 2,3 milhões de pessoas no mundo, todos os anos.

A meta da OIT é chegar a zero acidentes de trabalho. O assunto está sendo debatido no 20º Congresso Mundial sobre Segurança e Saúde no Trabalho em 2014, na Alemanha.

Em entrevista à Rádio ONU, de Frankfurt onde participa do encontro, o professor René Mendes disse que esse é o objetivo e que todos concordam que são necessárias metas ambiciosas.

Mendes falou sobre a necessidade de se mudar a cultura que "admite que adoecer ou se acidentar faz parte do trabalho".

O professor, que é diretor de Relações Internacionais da Associação Nacional de Medicina do Trabalho do Brasil, falou ainda sobre as responsabilidades no caso dos acidentes.

Ele disse que pela visão da OIT a responsabilidade é compartilhada entre governos, empregadores e trabalhadores.

Comentários
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Mais de Geral
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital