Banner 1 Marluvas - Set/Dez
Promo Dezembro 2019 - Proteção
title='Clique aqui para ver mais sobre Fujiwara Banner 1 Dezembro'
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos - Banner 5


Você está em: Noticias / Geral
Geral
Campinas soma 30,7 mil relatos de acidente de trabalho em seis anos, diz MPT
Data: 06/04/2019 / Fonte: G1

Campinas/SP - O município registrou 30,7 mil relatos de acidente de trabalho de 2012 a 2017, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT). O levantamento que estabelecimentos hospitalares são os locais que mais concentram casos deste tipo, enquanto o segmento de restaurantes contabiliza a maioria das ocorrências com afastamento de profissionais. Veja abaixo os indicadores.

Relatos de acidente de trabalho
- Estabelecimentos hospitalares (8,76%);
- Instituições de ensino superior (5,97%)
- Coleta de resíduos não-perigosos (5%)
- Serviços de bufê (3,82%)

Áreas com mais afastamentos
- Restaurantes (3,99%);
- Transporte rodoviário de carga (3,71%);
- Comércio de materiais de construção (3,25%);
- Limpeza de prédios e domicílios (3,12%).

Avaliação
O MPT avalia que o número total de acidentes de trabalho pode ser maior, uma vez que parte dos empregadores não registram os casos. Além disso, o problema afeta não somente os trabalhadores mas também provocam impactos em indicadores da Previdência.

"Foi registrada uma despesa pública no importe de R$ 61 milhões só na região de Campinas e, numa situação de déficit fiscal, crise fiscal que o estado brasileiro se encontra, a situação ganha contornos dramáticos", avalia o procurador do trabalho Marco Aurélio Estraiotto. O montante representa despesa acumulada nas concessões de 7,1 mil auxílios-doença, benefício concedido aos trabalhadores com afastamento das atividades por período superior a 15 dias, diz o MPT.

Para ele, a prioridade das empresas - em especial onde funcionários precisam lidar com máquinas - deve ser a segurança. "A indústria metalúrgica e a construção civil são grandes setores econômicos da sociedade brasileira em que adoece e causa muitos acidentes de trabalho, e a maior parte não é comunicada oficialmente para a autarquia previdenciária em razão de uma política de ocultamento de comunicações praticada pelo setor empresarial", alerta o procurador.
Comentários
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Notícias relacionadas
Mais de Geral
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital