Banner 01 - Promo Natal 2017
banner 01 - Anuario 2017
Banner 01 - Marluvas - Novembro17
Banner 01 - Poli USP Novembro
Delta Plus - Diamonddv - banner 01 - novembro
Banner 01 -RL USP Novembro
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P Revista Proteção Digital Banner 4
P NN Eventos - Banner 5
P Revista Emergência Digital Banner 5


Você está em: Noticias / Geral
Geral
Brasil e Espanha firmam termo de cooperação técnica
Data: 08/11/2017 / Fonte: Ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho e o Setor de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho da Espanha formalizaram um termo de cooperação técnica para aprimorar métodos de abordagem e prevenir acidentes de trabalho no setor pesqueiro. No Brasil existem aproximadamente 45 mil trabalhadores com carteira assinada nessa atividade, conforme Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD).

A diretora do Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho (DSST) da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT) do Ministério do Trabalho, Eva Patrícia Gonçalves Pires, destaca a importância dessa cooperação. "A fiscalização nas embarcações pesqueira é complexa. Por isso, a troca de experiências com um país como Espanha, que possui forte tradição na área, é importante para o nosso trabalho. O interesse do Ministério é obter conhecimentos que possam contribuir para a redução de acidentes de trabalho na pesca, considerada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) atividade de alto risco ocupacional", explica Eva.

Os inspetores espanhóis apresentaram o projeto Segumar, implementado há cerca de 10 anos no país e que tem ajudado a reduzir o número de acidentes nas águas territoriais do país. Nesse projeto, são organizadas ações de fiscalização nas embarcações. Essas operações contam com a participação, em conjunto, de diversas entidades públicas, cada uma delas no seu campo de competência, atuando na abordagem dos barcos pesqueiros.

No Brasil, dados da Marinha mostram que ocorrem, em média, 50 mortes e 20 desaparecimentos de tripulantes de embarcações de pesca por ano, principalmente devido a naufrágios e quedas de pessoas na água.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, afirma que acordos de cooperação fazem parte da política internacional desenvolvida pelo Ministério para aperfeiçoar as ações que resultem em redução de acidentes e mortalidade de trabalhadores. "É importante que busquemos estratégias de fiscalização de outros países que tenham resultados positivos comprovados nessa área e adaptar o conhecimento à realidade brasileira. Essa troca de experiências e informações eleva a qualidade da nossa prestação de serviço aos trabalhadores e empregadores", enfatiza o ministro.
Comentários
Ermesson Kellysson dos Santos Melo Denuncie este comentário
Ótima iniciativa, porém deve ser estendida adiante, como; em escolas, especificamente institutos onde oferecem curso técnico em segurança do trabalho para desenvolver o interesse para projetos e ideia inovadoras para a segurança dos nossos trabalhadores (pescadores).
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Notícias relacionadas
Mais de Geral
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
Banner 06 - Praevenir - Nov
AmbLegis banner6 - 11/17
Banner 06 - PrevenirES
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Assine a Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital