Banner 01 - RL USP - Novembro
Upgrade_em_SST_geral
Banner 01 - LCS - Novembri
Black Week Proteção 2018
P Assinatura Proteção digital banner 1
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos 2018 - Banner 5


Você está em: Noticias / Geral
Geral
Após vazamento de amônia, MPT-MS fiscaliza condições de trabalho do frigorífico Balbinos
Data: 16/05/2018 / Fonte: MPT/Mato Grosso do Sul

Sidrolândia/MS - Uma equipe do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul (MPT-MS) esteve na última semana no frigorífico Balbinos, em Sidrolândia, para apurar as causas que motivaram um vazamento de amônia na sala de máquinas no dia 2 de maio. Além disso, o grupo percorreu diversos setores do frigorífico com o objetivo de verificar as condições de saúde e segurança em que os trabalhadores desenvolvem atividades.   

Segundo apurou a perícia do MPT-MS, o incidente ocorreu devido à quebra do sensor da válvula de segurança da bomba 2 linha -35º. O equipamento, ainda na garantia, foi enviado ao fornecedor, que se comprometeu a emitir uma análise da falha e promover a substituição do aparelho. "Com a ruptura desse sensor, a informação não chega ao painel de operação, exigindo que seja realizada a inspeção visual. Apesar de a situação não configurar extremo risco, inspira cautela", destacou o procurador do MPT-MS Paulo Douglas Almeida de Moraes, responsável pela inspeção.

Funcionários do frigorífico relataram que o vazamento da amônia foi sanado por uma equipe do setor de higienização, antes da chegada do Corpo de Bombeiros, e que, apesar do susto, ninguém sofreu intoxicação.

Irregularidades
A quebra do sensor da válvula de segurança da bomba 2 não foi a única falha identificada no frigorífico Balbinos. Ainda na sala de máquinas, a perícia constatou a inexistência de plano de emergência em caso de vazamento, bem como ausência de capacitação dos trabalhadores para esse tipo de ocorrência; falta de chuveiro com lava-olhos e de chuveiros automáticos acima dos vasos de amônia; e ausência de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Já nos currais, onde os bovinos permanecem até o momento do abate, as passarelas não apresentam travessão intermediário e rodapé nos guarda-corpos, assim como não há proteção contra condições climáticas mais intensas.
A perícia do MPT-MS também encontrou irregularidades na área de abate, onde não havia placas de identificação e categoria em algumas caldeiras. 

O frigorífico Balbinos iniciou as atividades em dezembro de 2017, sendo o primeiro da categoria inaugurado no município de Sidrolândia. Por dia, são abatidos em média 700 bovinos. A unidade emprega 280 funcionários.

Riscos à saúde
A amônia é considerada um produto químico perigoso, corrosivo para a pele, olhos, vias aéreas superiores e pulmões.
Com cheiro característico, é irritante quando inalada, podendo causar tosse, chiado no peito, falta de ar, asfixia e até queimaduras nas vias aéreas superiores.

Por apresentar sérios riscos à saúde, é obrigatório o uso adequado de equipamentos de proteção e procedimentos de segurança e manuseio bem elaborados.

Fazenda Aracoara
Antes da inspeção no frigorífico Balbinos, a perita Valéria Aparecida Barbosa França visitou as instalações da Fazenda Aracoara, situada nas proximidades de Sidrolândia, cujas atividades predominantes são pecuária e agricultura.

A vistoria ocorreu após denúncia de irregularidades relacionadas às condições de conforto, segurança e saúde no trabalho.

No local, foram identificadas instalações elétricas com perigo de choque e outros tipos de acidente, assim como ausência de placas ou cartazes com símbolo de perigo e falta de fichas com dados sobre a segurança dos produtos químicos que utilizam na fazenda. Além disso, não foram apresentados certificados de treinamento/capacitação dos trabalhadores responsáveis pela aplicação dos agrotóxicos de maneira correta e segura, nem fornecido equipamento adequado para o risco de cada atividade.
Comentários
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Notícias relacionadas
Mais de Geral
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital