Banner 01 - Promo Circulação -  Outubro 2019 - proteção
Banner 01 - Ansell
Banner 1 Marluvas - Set/Dez
Banner 1 - UniSafety - 3
Banner 01 - Anuário 2019
Fujiwara Banner 1 Outubro
Banner 01 - Marluvas - Dezembro
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos - Banner 5


Você está em: Noticias / Eventos
Eventos
Comissões debatem denúncias de trabalho escravo em MG
Data: 13/06/2016 / Fonte: Câmara dos Deputados

Brasília/DF - A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público e a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados realizam audiência pública nesta quarta-feira (15) para debater denúncias relacionadas ao trabalho análogo ao escravo utilizado por fazendas no sul de Minas Gerais.

A audiência ocorrerá no plenário 9, a partir das 14 horas.

No começo de março, duas das maiores empresas que comercializam café, a Nestlé e a Jacobs Douwe Egberts, reconheceram que suas fazendas podem ter usado trabalho análogo ao escravo. A denúncia foi feita pela organização dinamarquesa DanWatch12.

A audiência, solicitada pela deputada Erika Kokay (PT-DF) e pelo deputado Padre João (PT-MG), busca debater medidas para prevenção do trabalho escravo no Brasil. "Apesar do combate a essa forma degradante de trabalho por parte do Governo brasileiro, algumas fazendas cafeeiras ainda adotam a prática do trabalho análogo ao escravo", afirma o parlamentar.

Foram convidados para debater o assunto com os parlamentares:
- Marcelo Gonçalves Campos - Superintendente Regional do Trabalho e Emprego de Minas Gerais;

- José Fernando Chuy - chefe do Serviço de Repressão ao Trabalho Forçado da Polícia Federal;

- Bernardino Cangussu Guimarães - gestor do programa Certifica Minas da Certificadora de café de Minas Gerais (Emater);

- Jorge Ferreira dos Santos Filho - Articulação dos Empregados Rurais do Estado de Minas Gerais (Adere-MG);

- Carlos Eduardo Almeida Martins de Andrade - Procurador do Trabalho do Estado de Minas Gerais;

- Silas Brasileiro - presidente nacional do Conselho Nacional do Café (CNC Café);

- Erick de Oliveira - representante da Nestlé;

- Frederico Toledo Melo - assessor jurídico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA);

- Alexandre Conceição - coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST);

- André Micalli de Campos - associado da ONG Repórter Brasil - Organização de Comunicação e Projetos Sociais;

- Pedro Henrique Barbosa Abreu - professor de pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade de Campinas (Unicamp);

- Peter Poschen - Diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT).
Comentários
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Notícias relacionadas
Mais de Eventos
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital