P Cealag Cursos banner 1
P UVEX Carbonvision Honeywell  - Banner 1
P Gas Alert Maxt II | Honeywell - Banner 1
P PrevenRio 2014 - Banner 1
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Produtos & Serviços
    Sipats
    Últimas Notícias
P Prevenrio e Expo Emergência 2014 - Banner 4
P Curso Higiene Ocupacional - Banner 5
P SuperGuiaNet Máscara Facial - Banner 5
P Nova Loja Virtual SST - Banner 5
P NN Eventos - Banner 5
P Fotos Redes Sociais - Banner 5


Você está em: Noticias / Empresas & Negócios
Empresas & Negócios
EPIs para trabalho em altura com selo de conformidade do Inmetro
Data: 06/05/2013 / Fonte: Revista Proteção

Com a introdução da Portaria 388/2012, publicada no dia 24 de julho 2012, o Inmetro iniciou o processo de certificação dos Equipamentos de Proteção para Trabalho em Altura no país, visando eliminar riscos de acidentes por causa de falhas de produtos não conformes.

Seis meses após a publicação do processo que se refere à avaliação da conformidade para os componentes dos EPIs para proteção contra quedas com diferença de nível (cinturão de segurança, dispositivo trava-queda e talabarte de segurança), a Altiseg tornou-se a primeira empresa brasileira autorizada a utilizar o selo de conformidade do Inmetro.

Segundo a diretora da Altiseg, Patrícia Santos, o selo do Inmetro representa o reconhecimento da qualidade dos produtos da empresa no mercado brasileiro de proteção em altura. "Sempre tivemos o propósito de solucionar os problemas relacionados a trabalhos em altura e a desenvolver sistemas de proteção contra quedas e ao nos tornamos a primeira empresa do país a ter em sua linha de produtos cintos e talabartes em conformidade com a portaria do Inmetro, fortalecemos nossa missão", ressalta Patrícia.

A presença do selo de conformidade no equipamento de proteção contra queda garante credibilidade e confiabilidade ao trabalhador. É o que afirma a responsável pelo sistema de gestão da qualidade da Altiseg Fernanda Neves. "Os produtos serão fiscalizados e testados periodicamente por meio de órgãos competentes, o que contribuirá para a maior efetividade dos equipamentos", analisa Fernanda.

Entre os produtos da Altiseg que já possuem selo de conformidade, encontra-se o cinturão de segurança e o talabarte de segurança, que são utilizados como EPIs para proteção contra quedas com diferença de nível.

Pela Portaria 388/2012, o prazo concedido para que fabricantes e importadores se adéquem à regulamentação no processo de fabricação do EPI termina no dia 24 de janeiro de 2014, enquanto que o prazo para comercialização é um pouco mais extenso: finaliza no dia 24 de julho do mesmo ano. No entanto, a comercialização destes EPIs para distribuidores e revendedores terá que estar devidamente adequada ao sistema Inmetro até o dia 24 de julho de 2015.

Foto: Divulgação Altiseg

Comentários
Doberval de Sousa Denuncie este comentário
Ola!
Meu nome e Doberval de Sousa, operador de ponte rolante e com formaçao na
de segurança do trabalho, isso me da uma visao maior da situçao questionado a segurança
e saude do trabalhador. O trabalho em altura, merece essa atençao e e gratificante saber que O INMETRO abraçou essa causa com a ALTISEG. Agora e esperar, que alguns empregadortes brasileiro que nao tem politica de investimento de cultura na area de segurança, se adeque a essa exigencia mediante a formalizaçao do MTE.
Daniel Marcos Larios Martinez Denuncie este comentário
Parabéns pela iniciativa! Já estava bem na hora de termos o apoio de uma entidade como o INMETRO para que os EPI`s para trabalhos em alturas sejam certificados e fiscalizados. Isso é dar moral a uma norma que traba de um assunto muito sério em nosso país, a NR-35. Recentemente verifiquei um cinto de segurança que era de fabricação 2012 e com número de NBR de 2001 estando totalmente desatualizado com a versão nova da norma da ABNT. Isso pé prova de que muitos fabricantes não estão nem aí com os critérios técnicos que se executados os procedimentos os EPI`s de fato darão o resguardo necessário aos usuários.
Parabéns pela notícia da Altiseg, empresa idônea e que fabrica os EPI`s nos mais altos padrões de segurança.
Luiz Pimentel Denuncie este comentário
Ótima iniciativa de regular equipamentos com um órgão certificador, para que este tenha um mínimo de atendimento de parâmetros técnicos para ser disponibilizado no mercado. Um ponto que realmente me deixa "de orelha em pé" é somente UMA empresa ter essa autorização em mão, e basicamente em tempo recorde.
Não questiono quais foram os meios que a Altiseg chegou a esse mérito de utilizar o selo do Inmetro, mas eu sou a favor da diversificação de fornecedores, e competitividade de preços e qualidade diversificada, claro, dentro dos parâmetros regulatórios.
Espero que não tenhamos somente uma opção por muito mais tempo.
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Mais de Empresas & Negócios
Edição do Mês
 
P Assinatura Proteção e Emergência na Prevenrio Banner 6
P Curso de Higiene Ocupacional - Banner 6
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação Download
Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital