Banner Bracol 1 Novembro
Banner 1 Marluvas - Set/Dez
Promoção - Dicionário99
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos - Banner 5


Você está em: Noticias / Doenças Ocupacionais
Doenças Ocupacionais
Pesquisa estuda a relação entre disfunções temporomandibulares e a organização do trabalho
Data: 12/05/2015 / Fonte: Fundacentro

São Paulo/SP - O cirurgião dentista do trabalho, João Rodolfo Hopp, defendeu a dissertação de mestrado "Interface entre disfunções temporomandibulares e a organização do trabalho em teleoperação: limitações do nexo ocupacional por similaridade e motivos à escamoteação" no Programa de Pós-Graduação Trabalho Saúde e Ambiente, da Fundacentro. Laura Nogueira, tecnologista da instituição no Pará, foi a orientadora da pesquisa.

A pesquisa aponta uma possível correlação entre o modelo organizacional prevalente no setor de serviço de teleoperações e o desencadeamento ou agravamento das disfunções temporomandibulares - DTMs. Essas doenças são "vinculadas às estruturas musculoesqueléticas da região orofacial, envolvendo ossos maxilares e temporais, mandíbula, musculatura mastigatória e articulações temporomandibulares", cujos sintomas podem se manifestar em outras regiões do corpo.

Os fatores psicossociais podem agravar as DTMs. Assim a interlocução com os saberes da organização do trabalho buscou compreender possíveis implicações dos modelos produtivos preconizados e adotados na atualidade nesse tipo de adoecimento. Também se considerou as relações de prazer e sofrimento vivenciadas pelos trabalhadores, a partir do referencial teórico da psicodinâmica do trabalho, desenvolvida por Christophe Dejours.

"Se as normas são menos rígidas, e o trabalhador pode usar a sua subjetividade, o trabalho vai gerar prazer", explica Hopp. Mas nem sempre o sofrimento, inerente ao trabalho, pode ser transformado em prazer. A organização do trabalho se caracteriza pela flexibilização e precarização. Há enxugamento de quadros e intensificação do trabalho. As sobrecargas emocionais podem levar ao adoecimento somático e psíquico.

No caso das DTMs, há uma invisibilidade das possíveis relações com o trabalho, que ficam encobertas, por isso o uso do termo "escamoteação". O pesquisador aponta uma lacuna no acompanhamento da saúde integral dos trabalhadores, em que existe uma ausência do diagnóstico periódico das condições buco-dento-faciais realizado por profissional habilitado como o cirurgião-dentista.

Hopp ainda coloca que as DTMs são compostas por quadros patológicos osteomusculares de múltiplas causas. Há uma relação bidirecional entre fatores sociais, psíquicos e emocionais. Outro dado importante é a maior prevalência em mulheres e entre adultos de 32 e 39 anos.

Defesa
No dia 13 de abril, os professores José Tadeu Tesseroli de Siqueira, da Faculdade de Medicina da USP, e Carlos Sérgio da Silva, da Pós-Graduação da Fundacentro, compuseram a banca de defesa, presidida pela professora Laura Nogueira.

O professor da USP apontou um avanço extraordinário na pesquisa desde a qualificação, que é inovadora por tratar das DTMs de forma diferente. "Foi uma grande aventura pessoal e científica. Vejo mérito no trabalho e ele pode trazer bons frutos para a organização do trabalho", afirma Siqueira.

"Hopp coloca uma série de questões importantes, que estão na lei, mas na prática não existem", completa o professor Carlos Sérgio. Para ele, a abordagem da organização do trabalho a partir de Dejours foi uma escolha interessante.

Já para a orientadora Laura Nogueira, o orientando teve capacidade e humildade de forjar um olhar a que não estava acostumado. "Pesquisar é lançar olhar novo sobre algo que está lá o tempo todo. Ele conseguiu isso", finaliza a professora.
Comentários
Deixe seu comentário sobre a notícia:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
* E-mail, Profissão, Estado e cidade não serão publicados.
 
 
 
   
 
 
 
Código de verificação:

Repita o código ao lado:
 
 
Enviar


Mais de Doenças Ocupacionais
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital