Bracol - banner 01 - OUT
banner 01 - Anuario 2017
Banner 01 -RL USP Outubro
Banner 01 - Poli USP Outubro
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P Revista Proteção Digital Banner 4
P Revista Emergência Digital Banner 5
P NN Eventos - Banner 5


Você está em: Matérias / Entrevistas / JOÃO BAPTISTA OPITZ NETO - Médico perito na área de SST fala sobre cuidados básicos para se evitar demandas judiciais
Entrevistas
JOÃO BAPTISTA OPITZ NETO - Médico perito na área de SST fala sobre cuidados básicos para se evitar demandas judiciais
O médico paulistano João Baptista Opitz Neto tem apenas 32 anos, é pai de um menino de um ano e já acumula intensa atividade como médico perito na Justiça do Trabalho e no Direito Previdenciário. Sua atuação tem sido principalmente como assistente técnico em perícias judiciais e como consultor junto à empresa de Medicina do Trabalho e Engenharia de Segurança que é de sua família.

Quando iniciou o curso de Medicina queria tornar-se médico cirurgião. Nos últimos dois anos ficava quase todo o tempo no hospital, e então começou a se perguntar se realmente queria estar o dia todo dentro de clínicas e hospitais. Inspirado em seu pai, que sempre atuou na área de SST, mudou seus planos.

Com pós-graduações em Medicina do Trabalho, Medicina Legal e Ergonomia, mestrado em Bioética e concluindo sua segunda graduação, agora em Direito, João Baptista está empolgado com a área. "Fiquei apaixonado pela matéria, por você ter a oportunidade de visitar empresas, conhecer como as coisas são feitas, ter conhecimento de outras áreas além da Medicina e contato com outros profissionais fora da área da saúde", comenta.

Nesta entrevista, concedida durante o Seminário Nacional de Perícias trabalhistas em SST", na Expo Proteção em São Paulo, ele fala sobre o papel do médico perito e do assistente técnico, de como as empresas podem evitar demandas judiciais em SST, novidades do Código de Processo Civil e reforma trabalhista relacionadas à perícia entre outros assuntos.

Qual a realidade sobre a demanda das perícias judiciais de Saúde e Segurança do Trabalho?
A crise econômica que o Brasil enfrentou nos últimos anos com o aumento de demissões refletiu no número de ações na Justiça do Trabalho. Consequentemente houve aumento de perícias voltadas para a área de SST. As perícias de insalubridade e periculosidade e, também, as perícias voltadas para a área de saúde são as que ocorrem em maior quantidade. Em Medicina 98% das ações são sobre a alegação de doenças relacionadas ao trabalho e acidentes de trabalho. Também já acompanhamos algumas ações em que a doença não tem relação com o trabalho, mas o indivíduo alega que foi discriminado porque estava doente quando foi demitido. Há também algumas ações de rescisão indireta de contrato de trabalho, a chamada justa-causa do patrão. O trabalhador pode ser mandado embora por justa-causa, mas o trabalhador também pode rescindir o contrato de trabalho se ele entende que há algum motivo que está prejudicando o exercício do seu trabalho. Há na legislação alguns motivos para isso e um deles seria o não cumprimento de normas de saúde e segurança que coloquem em risco a integridade física ou a vida do trabalhador.

FOTO: Daniela Bossle

Entrevista à jornalista Daniela Bossle

Confira a entrevista completa na edição de outubro da Revista Proteção.
 
Mais de Entrevistas
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
AmbLegis banner6 - 10/17
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Assine a Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital