Promoção - Dicionário99
Banner Bracol 1 Novembro
Banner 1 Marluvas - Set/Dez
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos - Banner 5


Você está em: Matérias / Entrevistas / JOÃO AREOSA - Especialista destaca a união de conhecimentos entre prevencionistas e trabalhadores na melhoria dos ambientes
Entrevistas
JOÃO AREOSA - Especialista destaca a união de conhecimentos entre prevencionistas e trabalhadores na melhoria dos ambientes
O português João Areosa ganhou fama mundial entre profissionais de SST, graças a seus estudos e artigos que abordam temáticas como riscos ocupacionais, acidentes de trabalho, segurança comportamental e o setor ferroviário. Após cursar Sociologia, ele realizou pós-graduação em Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, mestrado e doutorado em Sociologia do Trabalho nas Organizações. Há quase duas décadas, atua no Serviço de Saúde e Segurança Ocupacional do metrô de Lisboa, auxiliando os trabalhadores e a empresa na adoção de práticas de SST. "É o equivalente ao vosso engenheiro de Segurança do Trabalho. Em Portugal, este profissional pode vir de qualquer área de conhecimento, por isso é que eu posso exercer a atividade. Se pensarmos bem, os psicólogos podem contribuir para a melhoria das condições de trabalho, os sociólogos podem contribuir, os antropólogos também. Porque muitos dos acidentes e das doenças que ocorrem no mundo do trabalho acabam por estar, direta ou indiretamente, relacionados com interações sociais", explica Areosa.

Além de atuar em empresa, o especialista é pesquisador no Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa, em Portugal e docente no ISLA. Areosa veio ao Brasil em junho e participou de vários eventos técnicos, a exemplo do 54º Encontro Presencial do Fórum Acidentes do Trabalho, realizado na Faculdade de Saúde Pública da USP, na capital paulista. Pautado pelo tema "Trabalho e Riscos no Transporte Ferroviário de Passageiros", o sociólogo compartilhou sobre as particularidades, ocorrências e investigação de acidentes no setor.

Comente suas atividades como pesquisador no Centro Interdisciplinar em Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa, em Portugal.

Para a dimensão de Portugal, esse centro é muito grande. Tem quase 250 pesquisadores e está cotado entre os três melhores centros de pesquisa do país. Na verdade, tenho uma atividade profissional muito diversificada. Sou do centro universitário, portanto dou aulas, faço pesquisa e ainda complemento minha atividade em uma empresa em que sou responsável pelo Departamento Técnico de Segurança Ocupacional. Meu dia é cheio de coisas. Trabalho no campo empresarial e no mundo acadêmico, ou seja, associo as duas práticas; não trabalho exclusivamente só na academia. Sendo só acadêmico, você acaba, por vezes, deslocado do mundo real e concreto. Quem está na empresa e quem está no mundo acadêmico complementa uma coisa com a outra, há vantagem nisso. Não quero perder essa ligação com o mundo empresarial, quero continuar a trabalhar numa empresa e, paralelamente, seguir com minha atividade no Centro de Investigação.

FOTO: Priscilla Nery

Entrevista à jornalista Priscilla Nery

Confira a entrevista completa na edição de agosto da Revista Proteção.
 
Mais de Entrevistas
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital