Banner Bracol 1 Novembro
Banner 1 Marluvas - Set/Dez
 
 
    Acidentes do Trabalho
    Doenças Ocupacionais
    Empresas & Negócios
    Estatísticas
    Eventos
    Geral
    Legal
    Leia na Edição do Mês
    Práticas de Prevenção
    Produtos & Serviços
    Últimas Notícias
P NN Eventos - Banner 5


Você está em: Matérias / Entrevistas / Diretor da Fundacentro fala sobre trabalhos, pesquisas e políticas de SST no País
Entrevistas
Diretor da Fundacentro fala sobre trabalhos, pesquisas e políticas de SST no País

ENTREVISTA: AÇÃO COTIDIANA
Entrevista à jornalista Cristiane Reimberg


Diretor da Fundacentro fala sobre trabalhos, pesquisas e políticas de SST no País

Com a precisão característica dos profissionais de exatas, o engenheiro Jófilo Moreira Lima Júnior leva para a entrevista com a Proteção relatórios sobre as ações que a Fundacentro vem desenvolvendo. Os dados são lançados mês a mês junto ao Governo Federal. Os relatórios preparados pelo diretor técnico da Fundacentro fazem um balanço de toda a atividade gerada pela instituição no ano de 2009. Os números mostram ações em diversas áreas, apesar das dificuldades conhecidas: a necessidade de mais servidores e de mais verbas para pesquisas. "O pessoal aqui é movido muito pela motivação mesmo", diz o diretor. No caso de Jófilo, essa motivação é antiga. Seu trabalho junto à indústria da construção começou nos anos 70. Formado em engenharia civil e de segurança em administração de empresas e com especialização em segurança integral pela Fundación MAPFRE da Espanha, passou por empresas privadas e atuou em instituições como o Sesi Nacional e na OIT como consultor. Também foi secretário de Segurança e Saúde do Ministério do Trabalho nos anos 90. Em sua segunda passagem pela Fundacentro, onde está desde 1987, construiu uma carreira marcada pelo embasamento técnico. Defensor do sistema tripartite, acredita que as ações de SST se consolidarão quando as três partes - governo, trabalhadores e empregadores - fortalecerem suas práticas no cotidiano.

PROTEÇÃO - Você foi secretário de Segurança e Saúde nos anos de 1994 e 1995, reformulando algumas normas: NR 7, NR 9, NR 12, NR 13 e NR 18. O que você destacaria nesse trabalho?
JÓFILO - Entre o que foi feito, considero a reformulação da NR 18 como um marco nas Normas Regulamentadoras com a participação tripartite. Isso porque foi a primeira norma que teve publicação no Diário Oficial da União para que qualquer cidadão pudesse manifestar o que quisesse. Naquela época, também iniciamos o debate em torno do que chamamos hoje de NR 0, que é a norma que criou a CTPP (Comissão Tripartite Paritária Permanente). Outros pontos importantes discutidos abrangeram o setor portuário e o Benzeno. Ainda destacaria as questões de gestão  de SST, por meio de dois programas por área de conhecimento específico - o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) - e um por ramo de atividade - o PCMAT (Programa de Condições do Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção).


Confira a entrevista na íntegra na edição 220 - Abril da Revista Proteção.

 
Mais de Entrevistas
 
1     2     3     4     5     6     7     8     9     10
Edição do Mês
 
 

 
 
© Copyright 2009 - Revista Proteção. Todos direitos reservados.
Rua Domingos de Almeida, 218 - 93.510-100 - Novo Hamburgo - RS - Brasil. Central de Atendimento: 51 2131.0400
Revista Proteção Outras Publicações Nossos Eventos Eventos SST SuperGuiaNet Loja Virtual Legislação
Download Entidades Galerias Fale Conosco
Loft Digital